Que tal algumas dicas pra transportar seus vinhos sem xabú no avião? Anotem aí:

1. Caso queira comprar várias garrafas do mesmo vinho, fique preparado para uma possível parada na alfândega, já que isso pode ser considerado como uma compra para comércio, o que pode trazer mais taxas e uma possível apreensão.

2. Ao colocar as garrafas no meio das roupas, para protegê-las do impacto, é importante lembrar de embalá-las para que não vazem ou quebrem, e de usar bem as roupas para amortecer os impactos.

3. Ao comprar um vinho, verifique se a loja não possui alguma embalagem especial para despache. Há também malas próprias para esse tipo de transporte, garantindo maior segurança.

4. Se optar por trazer dentro da mala comum, uma boa medida é embalar bem cada garrafa com plástico bolha, o que também amortece qualquer impacto.

5. Após qualquer vôo, é sempre bom deixar o vinho descansar pelo menos 15 dias, por conta da excessiva manipulação da garrafa e variações de temperatura (via http://migre.me/wsbOo).

E pra não ter erro mesmo, é só passar aqui na adega e escolher seus rótulos para levar pra casa da maneira que preferir e na quantidade que quiser. 😉

Deixar uma resposta

Seu email não será publicado